Oficina de Grafite

Foto: Raphael Müller

Dividida em duas etapas, conceito e prática, a oficina introduz o aluno na arte do Grafite.

Na parte conceitual, a oficina apresenta uma curta introdução da história do grafite: pintura rupestre, muralismo, pichação política, pichação e grafite, grafite a nível internacional e nacional e seu papel nas grandes cidades. A oficina utilizará vídeos sobre pixação, muralismo, grafite e seus diversos estilos.

Na prática, os alunos são apresentados a diversas técnicas de criação: desenho com lápis e tinta guache em papel, introdução ao stencil e tinta spray com recursos de tinta acrílica. A criação em desenhos no papel servirá como base para o desenvolvimento de um painel coletivo, resultado final da oficina.

Público-alvo: 40 jovens a partir de 14 anos

Carga Horária: 15h

Onde: Colégio Estadual Edgar Silva, Andaraí- BA

Quando: 15 a 21 de maio, das 15h às 17h30.

Inscrições aqui!

Não haverá seleção, o critério será por ordem de inscrição.

Ministrante: Eder Muniz

Foto: Antônio Chequer

Artista plástico autodidata, criança esboça os primeiros traços nas paredes de uma tia. Eder Muniz é grafiteiro reconhecido pelo seu estilo espalhado pelos muros, exposições, roupas, automóveis, e até barcos, principalmente por Salvador, mas com obras também nos Estados Unidos e na Itália. Com uma mistura de técnicas das artes plásticas com o próprio grafite, suas obras têm como característica principal a ligação ser humano-natureza.

Em 2000, ajudou a fundar o movimento Calangos de Rua, coletivo com intuito de levar cultura às comunidades de Salvador. Em 2005, participou do projeto Salvador Grafita. A partir de então, foi convidado para palestrar e realizar workshops em unidades e ONGs de Nova Iorque, onde residiu por 4 anos. Nos EUA, realizou exposições e criou grandes murais em organizações e residências particulares e trabalhou como arte-educador em diferentes escolas do Brooklyn e Queens.